Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Jonasnuts

Jonasnuts

Ok kid, you've got the job

Jonasnuts, 15.02.21

Este vídeo não é novo. Mas reapareceu-me à frente há pouco temo e deixei-o ficar aberto, numa das (milhentas) tabs que tenho abertas no browser. Está na hora de a fechar e hoje apetece-me partilhar isto. São raros, os putos bons atores. Vi um, ontem à noite, numa ida improvisada ao cinema.

 

Este, coitado, fez um papelão, mas nunca soubemos se era bom ator porque ficou tão marcado pelo primeiro papel que fez na vida que nunca conseguiu descolar da imagem. E descolar da imagem é preciso. De uma forma, ou de outra.

 

De um dos filmes da minha vida, vale a pena ver a sessão de casting de um dos personagens principais.

 

Nas entranhas das fitas

Jonasnuts, 04.02.21

Para quem, como eu, cresceu a conhecer bem as entranhas de um cinema e todos os cantos de uma casa que não é habitada pela maioria das pessoas, que se limita a entrar, ver a fita e sair, este vídeo feito pela excelente equipa do cinema São Jorge é um luxo e um regresso a um passado longínquo, onde, tocar o gongo que anunciava o início da sessão, era um privilégio frequente.

 

No meu caso não foi no São Jorge, mas no Estúdio 444, onde a minha avó era chefe de bilheteira e o meu avô foi projecionista.

Este é um vídeo fruto do trabalho de muito de gente (de acordo com a ficha técnica) mas destaco o Pedro Vieira, porque....... Pedro Vieira :) 

Obrigada pela viagem pela estrada da memória (isto em português não tem a mesma patine), ou, mais cinematograficamente, obrigada por me terem feito sentir, bruscamente no verão passado.

Ainda a minha avó Zita

Jonasnuts, 02.10.16

VoZita2.png

A propósito do meu post de ontem (auto-link), sobre a minha avó, chega-me uma mensagem de um querido amigo (e colega) da minha mãe. Não interessa quem. Ele que se acuse se quiser :)

 

Deu-me a conhecer um episódio que eu desconhecia, sobre a minha avó. Anos antes de se ter cruzado com a minha mãe.

 

"A propósito de "somos quem somos"; após uma tentativa de assalto da PIDE à sede da CDU - gorada graças à iniciativa do Ary dos Santos, que os distraiu com o conhecido chamamento dos galináceos: pi,pi,pi - os presentes na reunião fugiram cada uma para seu lado. Eu enfiei-me no Roma, ali perto, onde a sua avó me acolheu [escondeu] na bilheteira.

Só posteriormente, quando trabalhei com a Olga e, por acaso, contei-lhe esta "aventura", vim a saber quem era a minha "salvadora."

 

Não me surpreende, a atitude da minha avó.

 

Trabalhou muitos anos na bilheteira do cinema Roma, e depois no Avis e por último no Estúdio 444 (muito filme vi eu à pala). Acérrima defensora dos direitos das mulheres e dos direitos dos trabalhadores, era sindicalizada, e muito envolvida nas actividades do sindicato. Delegada sindical.

 

Muito à frente, a Zita Pereira.

 

Obrigada OM, pela partilha :)

 

 

 

Programa para hoje - Citizenfour

Jonasnuts, 15.11.14

É em cima da hora, e vou ter uma trabalheira para convencer a malta cá de casa a substituir o pré-agendado Interstellar por isto, mas vou tentar.

 

Na secção Ficção e Realidade: para além do Big Brother do Lisbon & Estoril Film Festival passa o Citizenfour.

 

citizenfour_poster.jpg 349×524 pixels.jpg

 

Não é muito caro, ainda por cima, e podem comprar-se os bilhetes online.

 

 

UPDATE: Aparentemente, comprei os últimos 4 bilhetes. Deixou de aparecer a sessão, na Ticketline. Esgotou.

Porque há efemérides que não podem deixar de assinalar-se

Jonasnuts, 11.06.12

 

Faz hoje, precisamente hoje, 30 anos que estreou o ET. Vi a estreia, no cinema.

Revi muitas vezes, a última há bem pouco tempo, que estava a dar quando iniciei uma sessão de zapping.

 

Não gostei das alterações politicamente correctas que assinalaram a celebração dos 20 anos, em que os cigarros e as armas foram higienicamente substituídos por não sei o quê e por walkie talkies.

 

Mas é um filme que, por muitas vezes que o veja, consegue sempre emocionar-me.

 

30 anos, caraças.