Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Jonasnuts

Jonasnuts

Contraciclo

Jonasnuts, 31.12.20

iPhone - Photo 2020-12-25 09_09_01.heic.jpg

2020 foi um ano em que andei em contraciclo com o resto do mundo. 

Tudo a despencar-se e a tentar ajustar-se aos desafios da covid-19 (e eu também, naturalmente) e eu naquele que foi, de longe, o melhor ano da última década. 

Um ano de recomeços, de investimento, de introspeção, de pausa para balanço, de golpe de rins, de (re)construção, de tomadas de decisão arriscadas, com miufa mas com certeza, curiosamente, com cada vez menos certezas, com objetivos identificados e alcançados, com surpresas boas e com pessoas boas. 

Um ano de crescimento e conhecimento pessoal, e muito por fazer, ainda, mas tanto que foi feito. Um ano de orgulho, em mim e nos meus. 

Um ano que termina com uma imensa vontade de regressar a sítios onde já fui muito feliz, e onde já comecei a passar mais tempo, mas também de visitar sítios desconhecidos e novos e de viver novas aventuras.

 

2020 trouxe-me pessoas novas. Boas, já disse? Trouxe-me o remo, trouxe-me a carta de moto (mas ainda não a moto nova, isso é para 2021), trouxe-me de volta o prazer da cozinha e o da escrita, trouxe-me medidas novas, e trouxe-me o resgate de muita música que tinha deixado de me pertencer. E dúvidas, muitas dúvidas. A certeza de que o mundo não é a preto e branco e de que é no dégradé de cinzentos que está o sal da vida.

Uma reta final absolutamente maravilhosa, transformadora, comovente.Trouxe-me erros com que pude aprender. Com que aprendemos. O agridoce da coisa. Trouxe ternura e carinho e é isso que interessa, porque é isso que fica. 

 

2021 promete, porque, apesar de tudo, dei pela falta de coisas que não sabia que me faltavam. Os abraços, por exemplo. Tenho mais do que um abraço em atraso. Lá chegarei. Lá chegaremos. Não hoje, mas um dia destes.

Que 2021 seja tudo aquilo que promete e que, desta vez, eu não esteja em contraciclo e estejamos todos juntos no mesmo barco, a remar ao mesmo ritmo, mesmo que seja contra a maré.

Bom 2021, Malta.

Comentar:

Mais

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.