Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Jonasnuts

Jonasnuts

A diferença está no verbo.

Jonasnuts, 17.01.06
Literalmente.

Quando me dizem "eu quero" (ou "eu não quero"), fico logo de pé atrás.

Fruto provavelmente da resposta invariável dos meus pais, quando a expressão em causa saía da minha boca: "Tu não queres, tu gostavas".

Talvez por esta falha na minha educação (eu chamo-lhe boa educação, haverá quem lhe chame falha), tenho muitas, enormes, quase intransponíveis dificuldades em ouvir um "Eu quero que tu faças isto".

E as minhas dificuldades residem ao nível do rótulo.

Caramelo (ou caramela) que me diga "Eu quero isto", fica logo arrumadinho na prateleira que tenho exclusivamente destinada aos idiotas com um ego maior que o talento.

Meus senhores (e senhoras), ninguém quer nada, gostavam já agora, por favor; que a boa educação é bonita, eu gosto, e até já tenho idade para a exigir.

1 comentário

Comentar:

Mais

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.