Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Jonasnuts

Jonasnuts

A arte de bem reclamar

Jonasnuts, 30.08.12

Não é a primeira vez que escrevo sobre isto, aliás, uma das vezes em que o fiz, até usei o mesmo título para o post (auto-link).

 

Mantenho a ideia original, os portugueses em geral refilam muito, mas reclamam pouco.

 

Mas não é disso que se trata aqui. Reclamar é uma arte, e é raro ver, online, reclamações inteligentes (e contra mim falo). Mais raro ainda quando, no mesmo sítio se encontram dezenas de reclamações, de diferentes pessoas, todas elas bem escritas e orientadas pelo mesmo conceito, a ironia. Acho que nos anos todos que levo disto das internetes, esta é a primeira vez que assisto a este fenómeno e fico satisfeita por verificar que é na Amazon. Aliás, atrevo-me mesmo a dizer que isto só é possível na Amazon.

 

 

 

A história conta-se rapidamente. A BIC lançou um pack de canetas, todas muito cor-de-rosa e fofinhas, e cometeu o erro de pespegar na embalagem um "For her".

 

Não é novidade o estereótipo do cor-de-rosa para a menina, azul para os meninos, qualquer pessoa que visite uma loja de brinquedos, ou de roupa de criança (os sítios mais óbvios) sabe que isto tem vindo a acentuar-se. O erro da BIC não foi lançar as canetas cor-de-rosa, foi dizer que era "For her".

 

Até aqui nada de novo. Há uns tempos, a LEGO viu-se envolvida numa polémica semelhante, mas, o que diferencia a BIC da LEGO, são as reclamações ou, melhor, a forma como são feitas.

 

A Amazon incentiva a review dos produtos que vende. Sabe, há muito tempo, que a opinião das pessoas é importante e ajuda a vender. Experiências reais, de pessoas reais, que manifestam a sua opinião acerca dos produtos que adquiriram, sem que tenham nada a ganhar com isso.

 

O fino recorte de ironia transversal em quase todas as reviews que estão associadas à página deste produto da BIC é incrível. A primeira pessoa comentou de forma irónica, e praticamente todos os que se seguiram adoptaram o mesmo estilo (com variantes e perspectivas diferentes).

 

Uma pessoa inteligente, quando numa multidão, pode tornar-se absolutamente idiota, e essa é a regra mais frequente. É raro, uma multidão ser inteligente.

 

Neste caso, aconteceu. Dá gosto ler quase todas as críticas (muitas delas disfarçadas de elogios).

 

E é também interessante ver que as pessoas usaram as ferramentas disponíveis, para mostrar a sua aprovação. Não havendo um "Like", muitas foram as pessoas que clicaram no "Yes" à pergunta "Was this review helpful to you?" (eu incluída).

 

Acho que é a primeira vez na vida que leio TODOS os comentários a um produto da Amazon que não estou particularmente interessada em comprar.

 

Adorei.

 

 

3 comentários

  • Imagem de perfil

    Jonasnuts 30.08.2012

    Tens mesmo de ter conta, mesmo se que seja uma conta falsa, para poderes ver as fotos de todos aqueles que não têm o seu perfil escondido ou acessível apenas para amigos e amigos dos amigos.

    Alternativamente, podes pedir a alguém que tenha conta, e em quem confies, para te ajudar. Essa pessoa acede ao seu Facebook, e tu, usando esse login, fazes as pesquisas que tens a fazer.

    Nota: É preciso que confies nessa pessoa e, já agora, que essa pessoa confie em ti :)
  • Sem imagem de perfil

    AB 30.08.2012

    Obrigado Jonas.
    Abraço.
  • Comentar:

    Mais

    Comentar via SAPO Blogs

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.