Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Jonasnuts

Poupar

Pois que a crise toca a todos, e há que cortar mais nas despesas. Então fui fazer contas. Há uns tempos não fazia grandes contas, mas agora tem mesmo de ser. Sempre achei que um sítio onde podia reduzir bastante a minha despesa mensal era nos transportes.

 

Ando de carro, todos os dias. Ao preço a que está a gasolina, aqui está uma boa forma de poupar na despesa (pobre ingénua).

 

Fui ver. Calculei a distância do meu percurso (16Km ida e volta). Calculei quanto é que o meu carro gasta aos 100 (7.5). Fiz as continhas e fui ao site da Carris ver quanto é que custava o bilhete mais barato (que é o passe urbano de 30 dias - €24), e parti do princípio de que viria todos os dias de autocarro, desde a escola do meu filho até ao trabalho e no regresso a mesma coisa.

 

Estava disposta a gastar mais tempo de viagem e a sentir-me inebriada logo pela manhã mas sobretudo ao final do dia por aqueles odores característicos do povo trabalhador que somos. Estava a capacitar-me que o pára arranca não é assim tão mau, e que a condução violenta dos autocarros até faz bem à saúde porque estimula o equilíbrio. Estava a ver que ia dar mais uso ao meu iPod. Enfim, estava a ver uma série de coisas.

 

E depois vi o resultado das contas.

 

Pouparia cerca de €16 por mês. Isto na melhor das hipóteses. Num mês sem greves, e sem reuniões fora a que tenha de ir de carro, que é, como se sabe, coisa que não existe.

 

A sério? É quase o mesmo preço, andar de autocarro e andar de carro.

 

Quais são os incentivos para usar os transportes públicos (à excepção dos ambientais)?

 

É que se calhar está aqui a escapar-me alguma coisa.

Comentar:

CorretorEmoji

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Pesquisar

No twitter


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2006
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2005
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D