Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Jonasnuts

Jonasnuts

Donativos - Esclarecimento final

Jonasnuts, 06.01.11

Faltava-me este post de esclarecimento.

 

O botão dos donativos que decidi publicar aqui no Blog gerou, no último dia do ano, uma adesão quanto a mim extraordinária. Algumas pessoas pediram também o meu NIB, que disponibilizei mais tarde.

 

Tirar o botão dos donativos e a referência ao NIB foi a primeira coisa que fiz, quando soube da retirada do processo. A segunda coisa foi devolver a todos os que tinham doado, via paypal.

 

Faltavam-me as pessoas que doaram através de transferência bancária. Donativos que caíram na minha conta nos primeiros dias deste ano. O problema é que me apareciam os donativos, e os nomes das pessoas, mas não o número das suas contas. Não conseguia devolver o dinheiro sem saber os números das suas contas. Desloquei-me ao meu banco e solicitei a lista discriminada dos doadores, com os seus NIBs.

 

Foi portanto hoje, há poucos minutos que concluí a devolução de todas as doações. Suspiro de alívio.

 

A todos os que doaram, os meus agradecimentos. Nunca senti que estivesse sozinha, e toda esta onda de solidariedade me comoveu imenso, mas quando vi que muitas pessoas, a maioria sem me conhecer de lado nenhum, acreditavam em mim ao ponto de se darem ao trabalho de contribuir financeiramente (muitas com deslocações a uma caixa multibanco), fiquei verdadeiramente abananada. Mesmo.

2 comentários

  • Sem imagem de perfil

    J. Monteiro 06.01.2011

    Permita-me que discorde. Quando as pessoas se revêem na situação de quem se queixa é fácil aderirem à "causa".

    Recordo um caso de uma senhora que adquiriu uma viatura Mercedes à Nasamotor entre 1998 e 2000 (se não estou errado). Viu-se forçada a criar um site e o respectivo domínio para expor os problemas que o carro deu na esperança de alguém a ouvir. Foi inclusivamente obrigada a mudar o domínio para Estados Unidos por que por cá as pressões da empresa foram de tal forma elevadas que o prestador de serviços resolveu ceder.
    O assunto não foi tão mediático mas circular muitos emails.
    Não posso testemunhar de que lado estaria a razão, mas quando alguém chega ao ponto de ter que desabafar deste modo sujeitando-se ao ridículo ou até ao enxovalho, se calhar merece alguma atenção.
    Penso que foi isto que fez as pessoas acreditarem.

    Não conheço a "Jonas". Apenas aprecio as causas que publica e modo como as expõem. O facto de em 2001 passar por um problema semelhante com a referida empresa, tornou fácil perceber a revolta.

    Também estou à vontade para falar sobre os "bastidores" do mercado de prestação de serviços pós-venda. Posso assegurar que quem "lá trabalha" tem que dispensar a sua consciência das 9 às 19 e readquiri-la quando regressar a casa :)

    Desculpem o testamento :(
  • Comentar:

    Mais

    Comentar via SAPO Blogs

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.