Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Jonasnuts

Jonasnuts

Esclarecimento - a greve

Jonasnuts, 24.11.10

Não fiz greve. Não fiz greve porque achei que não devia. Acho que quem fez greve, se o fez por convicção, fez muito bem. O direito à greve demorou demasiado a conquistar para andar a ser desbaratado (e desvalorizado) por dá cá aquela palha. Mas é um direito. Tal como é um direito não fazer greve. Somos crescidinhos, fazemos as nossas escolhas, respeitamos as escolhas dos outros.

 

Ao não fazer greve eu:

1 - Não validei de nenhuma forma o governo que temos neste momento.

2 - Não coloquei em causa o direito à greve.

3 - Não apoiei quaisquer políticas sociais, económicas ou outras.

4 - Não fiz nenhuma declaração política.

5 - Não passei a ser de direita.

6 - Não me transformei em fascista reaccionária.

 

Custa entender que eu, ao não fazer greve, a única coisa que fiz foi, ir trabalhar?

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Jonasnuts 25.11.2010

    Eu valido ou não o governo e os candidatos a eleições no momento do sufrágio. Nunca falte a umas eleições, mesmo que de há uns anos para cá, apenas vote em branco.

    E já agora, porque é que lamenta que eu tenha tornado pública a minha posição? Só é legítimo assumir publicamente as nossas posições quando estas têm a sua aprovação?

    Só podemos tornar públicas as nossas decisões quando há uma manifestação organizada nesse sentido?

    Não me viu (nem verá) insurgir-me contra as tomas públicas de posições de pessoas que fizeram greve, porque é que eu não haveria de poder tornar pública a minha decisão de não fazer greve?

    Há por aí um bocadinho de deficit democrático, não?
  • Comentar:

    Mais

    Comentar via SAPO Blogs

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.