Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Jonasnuts

Jonasnuts

Campanha da Sumol

Jonasnuts, 30.04.10

Anda para aí meio mundo entusiasmado com a campanha da Sumol, porque é inovadora, porque é inspiradora, porque é sei lá mais o quê.

 

E eu, que até sou apreciadora e consumidora de Sumol, acho que eles erraram o alvo.

 

Senão vejamos.

 

Quem é o target do refrigerante Sumol? Teenagers, certo? É para eles que a marca comunica.

 

Mas as mensagens que usa são para maiores de 30 (ou mesmo de 40).

 

 

"Um dia vais achar que tens de ir para onde toda a gente vai"

Quem é que anda em manada? São os teenagers. Só mais tarde na vida é que a maioria(?) das pessoas deixa de ser influenciada pelos seus pares.

 

É uma campanha derrotista, a tentar dizer aos jovens que o seu prazo de validade enquanto pessoas originais, diferentes e livres é curto. E no entanto, é tão mentira.

 

Os teenagers não são originais, nem diferentes (uns dos outros), nem livres (da manada), só mais tarde na vida é que se alcança essa originalidade, essa diferença, e essa liberdade. Às vezes.

 

 

 

6 comentários

  • Imagem de perfil

    Jonasnuts 24.11.2010

    Pode ser que seja essa a sua experiência, mas, lamento (ou não), não é a minha :)

    Não tenho um emprego, tenho um trabalho, que adoro e que me realiza e que me desafia, tenho uma vida óptima, tenho mais pedal que muita miudagem, bem mais confinada aos preconceitos e ao que pensa a manada......
  • Sem imagem de perfil

    Paulo 24.11.2010

    Primeiro peço desculpa por não ter mencionado claramente que o meu comentário não era dirigido a si nem a ninguém em particular. Isto dito, fico satisfeito que esteja bem e tenho a certeza que há muita gente que o está. Mas se calhar, se observar atentamente à sua volta, muitos não estão... A geração que anda nos 30/40 foi "levada" por um caminho que foi pensado por outros. Espero que estas gerações mais novas sigam o seu próprio caminho e é aqui que esta campanha da Sumol tem o seu valor. A ideia é mesmo essa: não ter um emprego, mas sim fazer algo que se gosta. Se der dinheiro, melhor ainda...
  • Sem imagem de perfil

    Joaquim Santos 24.11.2010

    "...Se der dinheiro, melhor ainda...", senão vives do que o trabalho te dá (prazer?).
  • Imagem de perfil

    Jonasnuts 25.11.2010

    Uma vez que não tenho quaisquer outras fontes de rendimento, preciso que o trabalho me remunere a fim de cobrir as minhas despesas, mas, já recusei propostas de trabalho mais bem pagas, pelo simples facto de me parecerem uma enorme seca :)
  • Sem imagem de perfil

    Paulo 25.11.2010

    Ou seja, quando o dia chegou, "não lhe falou" e manteve-se original... :-) Não precisam de ser exemplos com tatuagens e bebedeiras... Isto dá pano para mangas :-)
  • Comentar:

    Mais

    Comentar via SAPO Blogs

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.