Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Jonasnuts

Jonasnuts

Clix fibra

Jonasnuts, 08.10.09

Há minutos toca um dos fixos cá de casa (o que é raro, normalmente é engano, estudos de mercado, ou tentativa de vender qualquer coisa. Neste caso, era esta última).

 

 

Desta vez atendo eu:

- Estou?

- Boa noite, é de casa do Senhor Eduardo Fulano de Tal?

- É sim senhora.

- É a esposa?

- Não, não é a esposa, é a namorada.

Resposta pronta da menina do Clix:

- Quem sabe se um dia não virá a ser esposa!

 

Lindo! Gostei da presença de espírito. Era simpática, pelo que não a fiz perder tempo e disse-lhe logo:

 

- Trabalhamos ambos na PT.

 

Agradeceu muito, nem perguntou mais nada, e despedimo-nos.

 

Adorei a resposta. Mesmo que numa pequena frase tenha traduzido a pobre realidade das coisas, elas desejam muito ser esposas.

 

 

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Jonasnuts 09.10.2009

    Eu não me meto nessas guerras, quanto mais não seja porque:
    1 - Não percebo nada do assunto.
    2 - A minha opinião podia ser (seria) suspeita, já que trabalho na PT :)

    Este posts, pouco suspeito, é sobre a simpatia da senhora que me telefonou, e sobre a coisa do mulher/esposa e haver muita gente a achar que todas as mulheres têm o desejo de casar :)
  • Comentar:

    Mais

    Comentar via SAPO Blogs

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.