Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Jonasnuts

Jonasnuts

Amália

Jonasnuts, 24.04.09

Não gosto particularmente de fado. Nem gosto particularmente de poesia. Nem gosto particularmente de Amália. Mas reconheço-lhe qualidade e aquele je ne sais quoi que diferencia as cantoras normais das divas. Não é só talento, é algo mais. Carisma, talvez? Não sei nomear a coisa, mas sei reconhecê-la, e via-a na Amália.

 

Ando a ouvir por aí rasgados elogios a este novo "projecto" baseado na obra da Amália. Projecto cheio de nomes sonantes do panorama nacional, daqueles de que é fashion gostar, e a quem ninguém ousa torcer o nariz, para não ser olhado de lado pela intelectualidade de serviço. Detesto consensos.

 

Ouvi A Gaivota, mas não os restantes temas, presumo apenas que os arranjos sejam os mesmos ou pelo menos, no mesmo estilo.

 

Espero ardentemente que as pessoas consigam perceber que o prazer que a audição lhes provoca é mérito exclusivo da espantosa pena de O'Neill (e eu detesto, o O'Neill, como pessoa), e da sublime melodia de Alain Oulman que, mesmo assassinada, consegue sobreviver.

 

O resto, meus senhores, esqueçam. Façam um favor a vós próprios, passem por aqui, e vejam como se faz, bem, muito bem.

 

De resto, indico um, dois sítios onde já se escreveu mais e melhor sobre este mesmo tema.

 

Mais sobre a Amália, aqui.

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Jonasnuts 28.04.2009

    Sim, eu li o teu post :)

    Como habitualmente ocupas menos espaço que eu a dizer, melhor, o que eu queria dizer :)
  • Comentar:

    Mais

    Comentar via SAPO Blogs

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.