Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Jonasnuts

Jonasnuts

Índios e Cowboys

Jonasnuts, 20.02.09

Detesto o Carnaval, não é de agora e fica feito o disclaimer.

 

Nunca forcei o meu puto a mascarar-se. Detesto ver criancinhas com 6 meses, mascaradas. Aos 6 meses ninguém pede para se mascarar, são os paizinhos que gostam de ver o querubim com uma fatiota que eles sempre desejaram ter, mas nunca puderam. Já se fazem fatinhos de sevilhanas para 1 ano?

 

O meu puto tinha 2 anos, quando a educadora disse que era para ir mascarado. 2 anos? Mas eles com 2 anos sabem lá se aquilo é roupa normal ou se é máscara. É-lhes indiferente. Para não ser o único a destoar do resto da turma lá foi, com a concessão possível, vestido com o equipamento do Benfica Glorioso.

 

Depois começou a gostar, e a fazer pedidos específicos. Buzz Lightyear, Homem-aranha, tartaruga ninja, estrela de rock, guerreiro medieval. Este ano queria ir de cowboy (?). Calças de ganga, camisa aos quadrados, lenço vermelho, cinto, chapéus. Ó mãe, mas é um cowboy moderno. Moderno? Sim mãe, porque vai de ténis, tem uma capa preta, e usa óculos escuros.

 

Lá foi, esta manhã, entusiasmadíssimo, achando que aquilo era o supra sumo da farinha amparo, mas na realidade mais parecia um assaltante de bancos mexicano.

 

Os putos arranjam sempre imensos problemas aos pais. A minha irmã lixou-se. Ó filho, queres mascarar-te de quê? De Pokémon. Pokémon? Isso é muito complicado, tens de escolher outra coisa. Está bem mãe, se não pode ser Pokémon, posso ir de caranguejo. Dá-se uma segunda nega? Não, trabalha-se numa fatiota de caranguejo, desejando ardentemente não ter dado a primeira nega, enquanto se faz mais uma das muitas patas de caranguejo.

1 comentário

Comentar:

Mais

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.