Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Jonasnuts

Jonasnuts

Confissões

Jonasnuts, 11.02.09

No carro a caminho de casa falamos sobre o dia, e de como correu, e o que é que aconteceu. É uma tradição antiga, em que eu pratico para dentista, na medida em que preciso de lhe arrancar qualquer informação que passe para além do "correu bem, trabalhei, brinquei, comi e já está".

 

Ultimamente tenho puxado mais por ele, e hoje referiu a aula de educação religiosa que acontece uma vez por semana. A coisa é pacífica e respeitadora de todos os credos e posicionamentos e há espaço para dúvidas e para a diferença.

 

Hoje um professor esclareceu as dúvidas dos alunos. E tu filho, o que é que perguntaste? Eu? Nada. Eu não tenho dúvidas. Mau! Mais um bocadinho está a dizer que não se engana, e que quer ir fazer a rodagem ao carro.

 

Então o que é que perguntaram os outros meninos? Houve um colega que fez perguntas sobre a confissão. Muito bem, e tu sabes o que é a confissão? Agora que penso nisso, não.

 

Lá lhe expliquei a história da confissão, o mais simplesmente que consegui, tentando não lhe passar a veemência da minha opinião acerca da confissão.

 

No fim, perguntei-lhe se tinha percebido e ele respondeu que sim. Menos mal.

 

E tu filho, querias confessar-te?

Eu? Para quê? Não há nada de que me arrependa!

 

 

1 comentário

Comentar:

Mais

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.