Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Jonasnuts

Jonasnuts

Shift

Jonasnuts, 13.10.08

Há sensivelmente um ano, sobre a Shift, escrevi aqui um post, e o Pecus até teve a amabilidade de me deixar por lá um comentário, sobre o qual mais tarde, em conversa, concordámos em discordar.

 

 

Tenho andado à espera que saia a versão em Língua Portuguesa do site, língua que é a da maioria dos participantes, presumo, língua que é a da maioria dos organizadores, presumo, língua que é a da maioria dos patrocinadores, presumo, língua que é a do País onde a conferência está a ser organizada, língua que é, presumo, a da maioria do target a que se destina a conferência.

 

Tenho estado à espera, mas ainda bem que tenho estado sentada, porque não há meio. A conferência começa depois de amanhã, e até agora, nada. Até as mensagens de erro são em inglês.

 

É tão boçal. É tão pequenino. É tão complexado.

7 comentários

  • Nada disso impede que haja uma versão do sítio em português...
  • Imagem de perfil

    Nuno Barreto 14.10.2008

    Sim, dou-te alguma razão. Mas como é obrigatório saber inglês para aproveitar a conferência, não acho pertinente a versão portuguesa do site.
  • Imagem de perfil

    Jonasnuts 14.10.2008

    Porque é que não há tradução simultânea? :)

    Qualquer conferenciazeca estrangeira tem essa opção.

    Porque é que a Shift não tem?

    Por mais que muitos dominem o inglês, alguns sentir-se-iam certamente mais confortáveis se pudessem ter acesso aos conteúdos que estão a ser expostos se estes fossem traduzidos.

  • Imagem de perfil

    Nuno Barreto 14.10.2008

    Por acaso não conheço nenhuma conferência de tecnologia que o faça. Mas tendo em conta que eu fiz tradução simultânea durante 3 anos, que já falei em conferências onde estava a ser traduzido simultâneamente no palco, e também onde fui eu o tradutor, posso dizer que se perde muito conteúdo, mais ou menos metade, porque se demora o dobro do tempo a comunicar. É complicado. Uma palestra de 40 minutos passa a ter somente 20 minutos de conteúdo. Já para não falar na limitação que se tem no que diz respeito aos "powerpoints", que não são bilingues.
  • Imagem de perfil

    Jonasnuts 14.10.2008

    Sim, não é fácil e quanto mais técnica é a linguagem pior se torna o problema.

    Mas concordamos que, ter o site TAMBÉM em português, não seria difícil, certo? :)
  • Imagem de perfil

    Nuno Barreto 14.10.2008

    Isso já depende de duas coisas: Vontade dos organizadores, e tempo disponível. Não sei qual é a vontade, mas pelo que sei não têm muito tempo livre.

    Mas sim, era simpático haver uma versão em português, embora não ache necessário. Na realidade até poderia induzir as pessoas em erro de pensarem que não precisavam de saber inglês...
  • Comentar:

    Mais

    Comentar via SAPO Blogs

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.