Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Jonasnuts

Twitter

Tenho uma conta no Twitter, que apenas serve para despejar os feeds deste Blog. Não uso o Twitter para mais nada.

 

Não digo que é mau. Mas não é para mim.

 

Mas, o que mais gosto de ver é uma página cheia de Twitters e de trocas e de partilha e de conversinhas da treta e de chacha (convenhamos que 160 caracteres, para o comum dos mortais, não dá para muito mais). E gosto sobretudo de ver Twitters portugueses, que são acompanhados por portugueses, a "falarem" uns com os outros em inglês.

 

Sim. São todos portugueses. Mas cavaqueiam alegremente em inglês. Alguns trabalham até na mesma empresa, e nos corredores, falam português, mas online, deve ser mais fno usarem o inglês.

 

É tão pimba. É tão bimbo.

11 comentários

  • Imagem de perfil

    jonasnuts 17.09.2008 11:30

    Raquel, falar em língua portuguesa não é estar orgulhosamente sós. Acompanham-nos, lado a lado, nesta língua, mais países. O Brasil, Angola, Moçambique, Cabo-Verde, Guiné, Timor.....

    Já não digo isto há muito tempo, mas sabe que há 200 milhões de falantes da Língua Portuguesa? 200 milhões dificilmente é orgulhosamente só :)
  • Sem imagem de perfil

    Raquel 17.09.2008 11:34

    'Orgulhosamente sós' na língua e não apenas na nacionalidade. Em caso de dúvida, reler "e a quem entenda português" no meu comentário anterior. ;)
  • Imagem de perfil

    jonasnuts 17.09.2008 11:41

    Dificilmente 200 milhões podem ser considerados restritivos :)
  • Sem imagem de perfil

    Raquel 17.09.2008 12:43

    Ora portanto 200 milhões entre mais de 6 milhares de milhão, ou seja 3,33...% da população mundial não são restritivos?

    Hmm... Estou a ver que a falta de aptidão se estende do inglês até à matemática. :)
  • Imagem de perfil

    jonasnuts 17.09.2008 12:52

    Acho que vamos ter de concordar em discordar.
    Deve ser da minha falta de aptidões.

    Está a partir do princípio de que toda a população mundial domina o inglês. É um princípo errado, conceptual e estatisticamente falando.
    Parece que partilhamos inaptidões matemáticas.

    A questão não é a escolha entre o português e o inglês. Eu escrevo e falo em inglês quando os meus interlocutores se expressam nessa língua, e não conhecem o português. A questão é o rídiculo de estar a debater um tema que interessa a meia dúzia de pessoa, todas elas da mesma empresa, todas elas portuguesas, mas usando o inglês.
  • Sem imagem de perfil

    Raquel 17.09.2008 13:07

    Já que estamos a conversar sobre estatísticas, os 200 milhões (nada restritivos!) mencionados são 11.11% dos 1.8 milhares de milhão de pessoas que compreendem inglês em todo o mundo.

    Enquanto que o inglês é compreendido por 30% da população mundial, o português não chega nem perto sequer do duplo dígito dos inteiros dessa mesma amostra estatística.

    Ah e quanto às conversas que apenas interessam portugueses, durante vários anos participo em inglês em comunidades multi-nacionais, em que mesmo quando se fala com um amigo também português sobre algo, quase sempre havia alguém de outro país interessado na conversa e que de seguida participava com as suas experiências. Esse tipo de interacção não seria possível se decidíssemos ter as conversas que 'apenas interessam portugueses' em português, que uma percentagem mais pequena de pessoas naquele contexto compreenderia. E como todos sabemos a Internet não é propriamente ali a tasca do bairro, mas sim um espaço multi-cultural/nacional.

    Mas lá está, enquanto que eu e outros gostamos de ter uma participação mais global no que dizemos, há depois quem prefira restringir a coisa porque quem é de fora não tem interesse. :)
  • Sem imagem de perfil

    Raquel 17.09.2008 13:12

    Ah já agora esclarecer que 'de fora' no contexto acima era 'de fora do grupo de pessoas que compreende português.

    All 200 million of them! :o
  • Imagem de perfil

    jonasnuts 17.09.2008 13:17

    Como eu disse mais acima, acho que vamos ter de concordar em discordar :)

    Concordo com a afirmação de que a Internet é um espaço "multi-cultural/nacional.", mas discordo quando diz que não é propriamente a tasca ali do bairro. O meu Blog (e os Blogs que frequento) são a minha tasca. Que está inserida no todo.

    Mas não estou disponível para perder parcialmente a minha identidade, abdicando da minha língua, quando não tenho que o fazer. Contento-me com menos, deve ser isso :)
  • Sem imagem de perfil

    Raquel 17.09.2008 13:28

    Oh, mas eu não tenho problema nenhum com quem prefere escrever em português seja em blogs, twitter, ou o que seja. Aliás tenho vários amigos que o fazem e eu própria já o fiz antes.

    A questão aqui é de quem não fala em português com amigos portugueses em contextos sociais dentro da Internet ser considerado 'bimbo' e 'pimba'.

    De facto é bom que as pessoas respeitem quem quer escrever em português, mas o mesmo se aplica a quem quer escrever em inglês com portugueses para o caso do jovem Vlad, ou do Singh que não entendem uma palavra de português poderem participar se quiserem.
  • Imagem de perfil

    jonasnuts 17.09.2008 22:10

    Cada um escreve como quiser, onde quiser, na língua que lhe apetecer (desde que julgue cumprir os mínimos), não ponho isso em causa, limitei-me a expressar a minha opinião, com base em dois ou três twitters de pessoas que conheço, e que trabalham no mesmo sítio (em alguns casos na mesma sala), a trocarem impressões em inglês.
    Acho que o Vlad e o Singh que não falam português, não se importam muito se não souberem que no 5º andar do edifício há um caramelo que mija nos tampos das sanitas. Por outro lado, ao Joaquim e ao Manuel, que não falam inglês, mas que trabalham no tal 5º piso, talvez lhes dê jeito saberem das armadilhas :)

    (Os twitters que visitei não debatiam este tema, apenas aproveitei a boleia recente do Macaco que se debruçou, com cuidado, sobre esse tema. O Macaco é também conhecido por PedroCS e, como já viu, é seu fã confesso) :)
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Comentar via SAPO Blogs

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

    Pesquisar

    No twitter


    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2008
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2007
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2006
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2005
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D