Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Jonasnuts

Lá fora, não há crise.

Tenho 3 litros de gasolina no depósito do meu Smart (que não leva muito mais que isso, diga-se).

Esta manhã tinha 5 litros, e as bichas nas bombas eram de tal maneira, que ou abastecia, ou ia trabalhar.

 

Optei por ir trabalhar, eu sei que não está na moda, mas eu sou assim, uma conservadora, uma tradicionalista. No regresso a casa, as bombas estavam sem gasolina. Nada. Nem uma gota. Nem o depósito me permite andar à procura de um sítio onde ainda talvez, se calhar, quem sabe, haja gasolina.

 

Não sei como é que levo o puto à escola, amanhã, e não sei como é que vou trabalhar. Logo se vê.

 

Mas lá fora, celebrando a vitória de Portugal sobre a República Checa, os carros passam, aceleram, apitam. Não sei, se calhar decidiram diferente de mim, e não foram trabalhar, meteram-se na bicha, e abasteceram para poderem agora estar a festejar.

 

Portanto, não trabalha quem teve de ir para a bicha, não trabalha quem era suposto levar a gasolina para os postos de abastecimento, não trabalham os agentes da lei que deveriam impedir o corte das vias, os políticos, os que deveriam agir para que a paralisação não afectassem quem os elegeu, e os da oposição que deveriam no mínimo, ter um discurso que os afirmasse como alternativa aos que lá estão.

 

Estou a pensar numa forma fina e polida de dizer a coisa, mas não me ocorre.

 

E se fossem todos para a puta que vos pariu?

Comentar:

Mais

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Pesquisar

No twitter


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2006
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2005
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D