Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Jonasnuts

Maioria silenciosa

Um dos parâmetros que muita gente gosta de usar para "medir" o sucesso de um Blog é o número médio de comentários por post. Eu não uso esse parâmetro. Não é parametrizável o sucesso de um Blog. Para mim, os Blogs de sucesso, são os Blogs de que eu gosto e que leio.

Normalmente, quem faz a pergunta típica "quandos comentários por post?" não pesca nada de Blogs. Não só não tem Blog como não visita outros Blogs.

É nessa altura que lhes dou a conhecer a maioria silenciosa (na qual me incluo).

A maioria das pessoas que visita Blogs, não deixa comentários. Há até Blogs que não têm essa opção.

Porquê esta obsessão com os comentários? 99% dos blogs que visito não sabem quem eu sou, nem nunca lá deixei nenhum comentário.

Este Blog tem, imagine-se, uma catrefada de visitantes por dia. Mais do que eu alguma vez imaginei que teria. Calma, não estamos a falar de valores astronómicos, 300 pessoas, mais coisa menos coisa. Os comentários não reflectem isso. Quem deixa um comentário é uma minoria. Tão minoria que eu já os "conheço". Os outros, os que não comentam, não sei quem são, e desde que tirei dali o widget do MyBlogLog sei ainda menos e, neste caso, a ignorância é uma bênção.

E depois temos os trolls, as carraças da blogosfera. Felizmente não tenho muito disso, um surto aqui, uma espreitadela acolá, mas nada de mais. Mas há quem tenha problemas mais graves com trolls. Ora os trolls manifestam-se nos comentários. Será legítimo avaliar o sucesso de um Blog em função, muitas vezes, dos seus parasitas? Não me parece.

Por isso, para determinar se um Blog é de sucesso ou não, só há, de facto, uma forma. É subjectiva e única e cada cabeça sua sentença. Gosto de um Blog? Então ele tem sucesso. Não gosto de um Blog? Então ele não tem sucesso.

Comentar:

CorretorEmoji

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Pesquisar

No twitter


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2006
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2005
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D