Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Jonasnuts

O meu cabelo

O meu cabelo dava uma novela. Sempre gostei dele comprido, mas na realidade, nunca o consegui ter comprido. Primeiro porque o meu pai não deixava. Mais tarde, quando passei a ser eu a mandar na coisa, sempre que tentava deixá-lo crescer, o sacana chegava ali aos ombros e começava a cair como se não houvesse amanhã. Os compridos caíam, e nasciam uns pequeninos. Os compridos que se aguentavam iam sendo cada vez menos, pelo que um bocadinho abaixo dos ombros, o que eu tinha eram meia dúzia de cabelos.

 

Convém também dizer que o meu cabelo não é liso, é encaracolado, tipo anjinho barroco, se fosse o suficiente para encaracolar, que não é.

 

Hoje terminei mais uma tentativa de o deixar crescer. Deve ter alcançado o maior comprimento desde que me conheço, chegou aí a meio dos ombros, mas coitadinho..... a meio dos ombros chegaram os poucos que não caíram. Era mesmo preciso ir tratar da coisa (quando mais não fosse, porque doutra forma a minha irmã me atazanaria o juízo até aos limites).

 

Lá fui eu, falar com a Bela, dizer-lhe para se preparar emocionalmente, porque ia fazer algo pela primeira vez em 15 anos. Cortar-me o cabelo à séria. Coitada da Bela, nem queria acreditar. Lá lhe mostrei o que pretendia (embora na fotografia da Meg Ryan a coisa ficasse melhor do que me fica a mim - mas apenas porque foi no tempo pré-cirúrgias plásticas).

 

E de repente a Bela tem uma ideia gloriosa. Vou-lhe fazer uma trança e mandamos para o IPO. Nunca me passou pela cabeça que aquela amostra de coisa a que eu chamava "cabelo comprido" pudesse servir para doar, mas a Bela garantiu-me que sim, e se eu me importava. Não, não me importo, pelo contrário, nesse caso, corte tudo o que precisar.

 

Uma amiga que percebe da poda (e que deu um grande contributo para que o meu cabelo alguma vez tenha chegado onde chegou) diz que eu devo ter um bob. Pode ser que sim, que eu bobs, só o Ewing, do Dallas. Está curtinho atrás e pelo queixo à frente. 

 

Acima de tudo, adorei a minha trança.

 

 

 

 

Quem quiser saber como doar cabelo para o IPO, está tudo aqui

1 comentário

Comentar:

CorretorEmoji

Comentar via SAPO Blogs

Notificações de respostas serão enviadas por e-mail.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Pesquisar

No twitter


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2006
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2005
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D